O que é petéquia, causas, tratamento e complicações


A petéquia nada mais é do que um ponto pequeno vermelho localizado no corpo – seja nas mucosas ou na pele. Esse pontinho é causado por leves hemorragias internas em vasos sanguíneos.

Quando em comparação a demais manchas de pele, a petéquia tem como principal característica o fato de não clarear ou sumir quando há qualquer tipo de pressionamento sobre ela (como com as mãos, por exemplo).

Causas para petéquia

As principais causas para surgimento de uma petéquia são as seguintes:

  • Geralmente a petéquia surge após um trauma físico – como muito choro, tosses fortes ou até mesmo crises de vômito. Elas são mais frequentes no rosto, mais especificadamente, nas proximidades dos olhos. Quando esta é a causa para a petéquia ela desaparece em poucos dias e é totalmente inofensiva para a saúde do indivíduo;
  • Quando as petéquias aparecem constantemente este pode ser um sinal de baixa quantidade de plaquetas no organismo, ou seja, células responsáveis pela coagulação sanguínea;
  • Além disso, as petéquias também surgem quando há inibição da atuação das plaquetas – o que pode ser ocasionado por infecções ou como efeito colateral de alguns medicamentos.

Tratamento

O primeiro tipo de petéquia destacado geralmente não demanda de tratamento. Porém, caso a petéquia não desapareça em poucos dias ela deve ser investigada o quanto antes.

Em alguns casos a petéquia pode ser o resultado de uma vasculite, uma condição inflamatória dos vasos sanguíneos que exige tratamento.

Além disso, algumas condições mais graves também podem acarretar o surgimento de petéquias pelo corpo.

Os médicos responsáveis pelo tratamento de petéquias são os dermatologistas. Isso porque eles conseguem diagnosticar com rapidez e precisão se aquele pontinho vermelho é uma petéquia ou outra alteração semelhante.

Possíveis complicações

A presença de uma petéquia jamais deve ser totalmente ignorada – principalmente se ela estiver associada com outros sintomas.

Quando este é o caso a petéquia pode ser sinônimo de graves doenças, como leucemia, meningococemia ou até mesmo alguns tipos de trombocitopenia.

Outras condições que também podem estar associadas à presença de petéquia são: endocardite, dengue, sífilis congênita, marbung vírus, tifo, H1N1, doença de Kawasaki, meningite, ebola e alguns tipos de febres hemorrágicas.



 

Veja também:

 

2016   |   conteudo.inf.br   |   Política de privacidade