Consulta de CPF e CNPJ na internet - Restrição de crédito

Perguntas e respostas sobre Restrição de crédito e consulta pela internet da situação de CPF e CNPJ. Dá para consultar gratuitamente pela web? Como limpar o nome sujo?

» Página Inicial

Como consultar restrição de crédito na Receita Federal?

A Receita Federal não é um órgão de proteção ao crédito e portanto quando você faz um compra em um estabelecimento qualquer e principalmente quando você não paga esta conta, a Receita não é notificada a negativar seu CPF, pois este não é o papel dela.

A Receita Federal é um órgão do governo responsável pela cobrança de impostos e contribuições federais, como o imposto de renda, IPI e outros. Além de outras funções que não envolve restrição ao crédito.

O que é restrição de crédito?

A restrição ao crédito é uma informação que é enviada para uma central como o Serasa ou o SCPC de que determinada pessoa, seja ela física ou jurídica deixou de honrar um determinado compromisso financeiro e portanto figura como inadimplente. Esta informação, uma vez nestas centrais podem ser consultadas por outras empresas no momento de fornecer um determinado crédito e com isto optar por dar continuidade ou negar o crédito.

A restrição de crédito é apenas para CPF ou para CNPJ também?

Ela ocorre tanto para pessoas físicas portadoras do CPF ou para pessoas jurídicas (empresas) portadoras do CNPJ.

É possível fazer a consultar pela internet?

Sim. Hoje as empresas centrais de proteção ao crédito já disponibilizam em seus websites a opção de consulta pela internet, geralmente mediante ao pagamento de uma taxa de consulta. Veja abaixo alguns exemplos e locais onde a consulta pode ser feita pela internet

É possível consultar gratuitamente?

Parece que o SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) oferece uma consulta básica e gratuita pela internet. Verifique no link mostrado acima a disponibilidade desta opção.

O que fazer para limpar o nome sujo?

Uma vez consultado e constatado a existência de uma pendência financeira é necessário entrar em contato com a loja, empresas ou órgão que enviou a informação de restrição ao crédito para a central e fazer a quitação do débito existente.

É possível renegociar a dívida para quitar o débito?

Geralmente sim, mas esta é uma possibilidade que precisa ser considerada se a loja ou empresa tiver interesse na renegociação. Portanto o melhor caminho é entrar em contato com a empresa e propor a renegociação.

A consulta pela internet vai retornar todos os problemas com o CPF e CNPJ, como banco central, protesto e outros?

Depende da opção escolhida. Parece que existem consultas básicas e outras alternativas completas que envolve não só restrição ao crediário, como protestos, cheques no Banco Central e outros.

Durante quanto tempo uma restrição ficará ativa?

Salvo engano, durante 5 anos. Isto se não for feito nada para regularizar a situação, ou seja, se o débito não for quitado e a empresa optar por manter a restrição em cartório ou órgãos de proteção ao crédito.

Quais as punições imposta a uma pessoa com restrição de crédito?

O próprio nome já diz, esta pessoa terá uma restrição, ou seja, não poderá comprar a prazo enquanto durar a restrição. Isto é em âmbito geral e não apenas em lojas, mas também em bancos, empresas de serviços, setor imobiliário e qualquer operação comercial no Brasil que envolva crédito.

Existem empresas que fazem negócios a prazo com pessoas com restrição?

Existe. Apesar da afirmação anterior ser válida de maneira geral, há casos de empresas que optam por não levar em conta a situação das pessoas para realizar negócios com operações de pagamento a prazo. Mas nesses casos, geralmente são operações que não envolvem riscos para o vendedor, como por exemplo na venda de um imóvel por uma construtora. Neste caso o imóvel fica de toda forma no nome da própria construtora até que seja quitado todo o débito e com isso geralmente não importa a situação de crédito da pessoa.


 
Veja também: