Balanopostite: O que é, diagnóstico, causas e tratamento


Balanopostite é uma inflamação no pênis, que atinge a glande e o prepúcio ao mesmo tempo, haja vista que o termo é uma junção de “balanite”, que se refere à inflamação da glande, e “postite”, que é a inflamação do prepúcio. Normalmente, a doença é provacada por fatores, como higiene precária, baixa imunidade, uso de determinados tipos de medicamentos, tecidos impróprios para a região genital e diabetes, entre outros.

No entanto, há também os casos em que a inflamação no pênis ocorre devido a outros problemas mais sérios, como:

  • Relações sexuais, sem o uso do preservativo, com parceiros que estão com doenças contagiosas, como a candidíase, por exemplo;
  • Comportamento sexual promíscuo (proliferação de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs);
  • HIV;
  • HPV;
  • Sífilis;
  • Hepatite C;
  • Hepatite B (caso não esteja imunizado);
  • Causas bacterianas, fungicas ou por protozoários.

Como diagnosticar a inflamação?

A balanopostite é uma doença caracterizada pela inflamação da glande e do prepúcio. Dessa forma, normalmente é diagnosticada a partir da observação do aspecto dessas regiões genitais e do incômodo que o indivíduo sente nessas áreas do pênis, haja vista que a inflamação causa dor e irritação. O problema é mais recorrente em homens com fimose (excesso de pele).

Quando o indivíduo desconfia que esteja com a região peniana inflamada, é essencial que consulte um médico de confiança para o diagnóstico e tratamento adequado da balanopostite. Diversos tipos de exames podem ser pedidos pelo especialista dependendo das características e avanço da doença.

O que pode causar a balanopostite?

  • A higienização inadequada do pênis;
  • A não utilização do preservativo nas relações sexuais;
  • Falta de higienização pós-coito;
  • O contato sexual com parceiros que mantém diversos parceiros sexuais;
  • Alguns tipos de vírus, como HPV e HIV.

Como evitar a balanopostite?

  • Após o coito, lembre-se sempre de higienizar o pênis de forma adequada;
  • Use camisinha (masculina ou feminina);
  • Evite manter relações sexuais com o parceiro, quando estiver com doenças infecciosas (DSTs).

Tratamento

Após o diagnóstico da inflamação pelo médico, o tratamento pode se dar de diversas formas. Daí vem à importância de saber o que causou a balanopostite para eliminar a causa e, consequentemente, o fator que provocou o aparecimento da inflamação. Nos casos mais sérios, é necessária a remoção do prepúcio para acabar com o problema.



 

Veja também:

 

2016   |   conteudo.inf.br   |   Política de privacidade